É sabido que a carga tributária no Brasil é uma das maiores do mundo, mas o que não se sabe é o porquê desse absurdo. O brasileiro pagou R$ 550 bilhões em impostos em 2009, conforme "Impostômetro". Dessa forma, presumo que quanto mais se trabalha, mais se paga impostos! É um ciclo vicioso... Às vezes, me pergunto se a improdutividade não apresentaria algumas benesses ou nos mataria de fome por completo. Fome Zero? Um contra-senso! Taxa, tarifa, contribuição ou tributo... É o pensamento do dia ou de todas as horas? Lembro-me ainda criança meus pais comentarem o pagamento de tributos diretos e indiretos... Definhamo-nos no saber por não sabermos ou estamos acomodados? É vexatória, indigna, desrespeitosa a forma de como somos tratados, por isso a minha manifestação, esperando que iniciativas como essa sejam ainda mais presentes na pauta do brasileiro. Este espaço foi criado para comentarmos, trocarmos idéias, reivindicarmos, denunciarmos e até elogiarmos os serviços públicos e privados.

terça-feira, 10 de maio de 2011

Política Saúde

Há iniciativas que devemos tirar o chapéu, como o caso da Academia da Terceira Idade, não importando quais interesses veiculados.

Não sei exatamente quem são os idealizadores do projeto, sei apenas que ele vem abrangendo uma boa parte do território brasileiro em parceria com a Prefeitura e Secretaria Municipal de Saúde. O programa visa minimizar os problemas decorrentes da idade, propiciando melhoria na qualidade de vida: Saúde & Sociabilidade.

No Rio, o projeto já atende mais de seis mil usuários e a estimativa é de que atinja a marca dos 80 até 2012.

Entendo que na política a auto-promoção é o fator predominante na verdadeira "esteira" do tempo, mas diante da motivação dos idosos, daqueles que muito contribuíram para o crescimento do nosso país, faço vista grossa.

Quero é que se faça mais e mais em nível de benesses  à população, prometo não me ater a detalhes; a minha alienação consciente agradecerá os bons ventos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário